quarta-feira, 22 de outubro de 2008

...mais ou menos...



Esses dias, eu, na minha extrema função de estagiário, andei meio perdido.

Meu chefe me mandou analisar uns processos na Justiça do Trabalho e assim eu fiz... Contudo, quando estava de saída da justiça, que funciona no 4º andar de um shopping (idéia de doido), liguei para o responsável pelos meus vencimentos e disse a conclusão que tinha tirado da análise que tinha feito dos processos, agora era só ir para casa certo??

Errado. Ele me mandou voltar lá e perguntar um bocado de baboseira ao serventuário que nem pra ele fazia sentido.

Meu chefe tinha visto no relógio que ainda faltava uma hora para meu expediente terminar e começou a arrumar trabalho pra preencher o tempinho restante... Tudo isso para não me dispensar...

Eu sei... eu sei... ele quem me paga, então tenho que obedecer...
mas cá pra nós, que merda velho!

Pois bem, em suma, fiquei feito barata tonta, a mando do querido chefe, só para satisfazer o monossílabo dele...

Vida de escraviário é uma merda mermo...

Post dedicado: Meu chefe

4 comentários:

Anônimo disse...

O Dr.Levi Pinheiro deveria me agradecer por eu estar corroborando com seu bem estar físico, de modo que quando vc só caminha pelas varas alheias da Justiça, o senhor não só enobrece sua vida com o apreciamento da pratica Jurisprudencial, como ainda perde alguns kgs, q sem querer ofender mas o senhor está precisando...

Ass: Dr.Rodrigo (Seu Chefe)

Waltinho Rabelo disse...

ñ perturbe vosso coração... quem comentou aew em cima fui eu.. uahauhauhauahauhauhauahuah

xero Dr.Levi!

vm. disse...

vc por aqui..! hahaha :DD

"ainda perde alguns kgs, q sem querer ofender mas o senhor está precisando..."

kkkkkkkkkkkkkkkk, tá assim é? =x

Felipe Emanuel disse...

Infelizmente, Nobre Amigo
essas atitudes dos nossos chefes muitas vezes é reflexo que muitos de nois, estagiarios, passamos. Não fazendo o que deveriamos fazer e tambem nossa "pressa" de irmos em boa hora (p/ n falar embora,kkkkkk)

Pagamos, muitas vezes, por atitudes que muitos jovens adotam,, por causa de sua ignorancia e/ou por falta de compromisso